Whisky europeu

Fora da escócia e da Irlanda, há poucas destilarias na Europa ocidental. os países do norte, como a Alemanha e Suécia, destilam aqua vitae a paritr de grãos, principalmente na forma de vodka, gim, akvavit, korn e schnapps.

Os países do sul, como a França, tem tradição de destilar frutas para fazer Eaux-de-vie

Nos últimos anos, algumas destilarias européias a maior parte de pequena escala - expandiram seus negócios na produção de whisky. No norte, essas operações são uma extensão de cervejarias; no sul, os alambiques são usados tanto para o brandy como para o whisky.  Por isso, os whiskies do sul da Europa são mais frutados que os do norte. O emprego de cascos usados para a maturação do vinho também dá sabores doces aos whiskies.

Fora Mackmyra, feito na Suécia, poços são encontrados fora de seus países de origem. Outras pequenas produções de whisky Weutz (Áustria), Fisseliier (frança), Brash, Gruel, Höhller , Zaiser e Rabel (Alemanha), Maison Les Vignettes e Bauernhof (Suíça).

Mais para o leste, há a marca estatal turca Tekel, que não pode ser chamada tecnicamente de whisky, porque é feita a partir de mash de cevada e arroz. A Kizlyararskoye, em Dagestan, na Rússia, foi fundada em 2003.

Existem planos de lançar várias expressões, incluindo um whisky malt e um grão.

Conheça Também:

Imigrantes Bebidas
Cl do Whiky
Vodkas.com.br
cervejanacionaleimportada.com.br
Adega do Vinho
Alambique da Cachaa
Absintos.com.br
6780167