A História do Jim Beam

 
 

JIM BEAM

O  verdadeiro espírito nativo americano. Uma tradição com mais de dois  séculos de existência. Uma verdadeira lenda. Sete gerações dentro de uma  garrafa quadrada inconfundível. O Bourbon JIM BEAM é uma verdadeira  instituição americana, o mais puro espírito do oeste.
-
A história
Durante  mais de 200 anos, a família Beam tem se dedicado à fabricação do  Bourbon mais vendido do mundo. Tudo começou em 1788 quando Johannes  “Jacob” Beam, bisavô do lendário Jim Beam, decidiu ir para o oeste em  busca de uma vida melhor. Ele carregou todos os seus pertences, amarrou  seu alambique de cobre na parte traseira da sua carroça de segunda mão e  viajou para o oeste, estabelecendo-se na região central do estado do  Kentucky. Fazendeiro, mas também moleiro de profissão, Jacob construiu  um moinho movido a água, onde moía o milho para moradores locais por um  percentual da sua colheita.
-
--

Naquela  época, o excedente de grãos era difícil de armazenar, e ainda mais  complicada a sua comercialização. Ele sabia que o uísque representava a  forma mais segura e econômica de usar o excedente de milho. Com isso, o  milho não estava sujeito ao mofo, era fácil de transportar e considerado  ainda mais valioso do que a instável moeda dos estados americanos.  Usando seu próprio alambique, Jacob começou a produzir um uísque de cor  âmbar, feito a partir de uma pasta fermentada de milho, centeio e malte.  O produto - que usava mais milho do que qualquer outro ingrediente -  foi chamado de Bourbon, em homenagem ao município de Bourbon, em  Kentucky. Jacob vendeu seu primeiro barril de Bourbon em 1795. O uísque  foi introduzido no mercado inicialmente com o nome de Old Jake Beam.
-
-
Ele  transmitiu a seu filho de apenas 18 anos, David, em 1820, as tradições  familiares para a fabricação do Bourbon. Durante a gestão de David como  destilador mestre, o país estava entrando na era industrial. A  descoberta do ouro na Califórnia fez com que centenas de americanos  rumassem para o oeste, e levas de novos imigrantes chegavam à América em  busca de liberdade e riqueza. A abertura do Canal do Erie, em 1825, e a  navegação no rio Mississippi tornaram o transporte de mercadorias, como  o Bourbon, mais fácil e accessível do que nunca. David M. Beam, filho  de David e neto de Jacob, assumiu a destilaria e os segredos da família  para a fabricação do tradicional Bourbon em 1850, alguns anos antes do  início da Guerra Civil.
-
- -
Logo  após a morte do seu pai, em 1854, David mudou a destilaria para o  Município de Nelson, também no Kentucky, mais próxima à primeira  ferrovia do estado. Ele chamou a sua nova casa de Destilaria “Clear Spring”,  em alusão à água clara da nascente encontrada em um rio das  proximidades. Em 1880 o Bourbon da família Beam, então chamado Old Tub,  se tornou nacionalmente conhecido graças às ferrovias e a perseverança  da família. O filho de David, o lendário James “Jim” Beauregard Beam,  começou a ajudar o pai nos negócios quando tinha apenas 16 anos de  idade. David ensinou-lhe as mesmas técnicas e conhecimentos para a  fabricação de Bourbon que seu pai havia lhe transmitido.
-
-
Jim  assumiu a destilaria da família em 1894, aos 30 anos de idade, e  durante os 52 anos seguintes continuou supervisionando o processo de  destilação. A empresa de Jim Beam continuou a crescer e prosperar  durante os primeiros anos da década de 1900, até que ela foi obrigada a  fechar devido à Lei Seca, em 1919. Durante os 14 anos da lei, Beam  vendeu todos os seus negócios relacionados a bebidas alcoólicas para  dedicar-se ao cultivo de frutas cítricas na Flórida e, depois, à  exploração de minas de carvão e uma pedreira de calcário.
-
-
Com a revogação da Lei Seca em 1933, Jim Beam, então com 70 anos de idade, voltou reativou a destilaria e incorporou a The James B. Beam Distilling Co.,  em Clermont, Kentucky, no dia 14 de agosto de 1934. Foi a partir deste  momento que o Bourbon adotou oficialmente o nome JIM BEAM. Doze anos  mais tarde, em 1946, seu filho T. Jeremiah Beam se tornou presidente e  tesoureiro da empresa. E foi ele o responsável por internacionalizar a  marca enviando caixas de JIM BEAM para as tropas americanas estacionadas  ao redor do mundo. Jim Beam faleceu um ano depois, aos 83 anos de  idade. Jeremiah observou que o filho de sua irmã, F. Booker Noe, Jr.,  tinha a paixão e o talento da família pela fabricação de Bourbon. Foi  então que ele trouxe o sobrinho para a destilaria da família quando ele  tinha 21 anos de idade. Ao lado de Jeremiah, ele aprendeu as tradições e  segredos familiares para a preparação de Bourbon.
-
-
Sob  o olhar cuidadoso de Booker, a destilaria JIM BEAM ainda usa a mesma  variedade clássica de levedura criada por Jim Beam em 1934. Uma segunda  destilaria foi inaugurada em 1954, próxima a cidade de Boston no  Kentucky. Pouco mais de uma década depois, em 1967, a empresa foi  adquirida pela American Brands (atual Fortune Brands). Em 1987, ele  lançou no mercado um Bourbon com sua própria assinatura, o Booker’s Bourbon,  com 65,05 de graduação alcoólica. Criado inicialmente como um presente  de Natal para amigos especiais, esse uísque é engarrafado diretamente do  barril, inteiro e sem ser filtrado. Em 1992, mais três Bourbons  artesanais, Knob Creek Bourbon (50% de graduação alcoólica), Basil Hayden’s Bourbon (40% de graduação alcoólica) e Baker’s Bourbon (53,55% de graduação alcoólica), foram acrescentados a essa linha (Bourbon Collection) para criar uma coleção super premium de uísques produzida em pequenos lotes.
-
-
A  partir de 2004 a empresa começou a licenciar a marca JIM BEAM para ser  utilizada em comidas, como por exemplo, carne defumada embebida no mais  puro Kentucky Bourbon, além de molhos e temperos que levam doses de JIM  BEAM. Além disso, o licenciamento foi estendido para outras categorias  de produtos ligadas a marca, como uma completa linha de acessórios para  churrascos incluindo pincéis, termômetros, ferro de marcar carne,  marinador, injetor de temperos, amaciador, espetos e espátulas. Em 2005 a  destilaria alcançou um momento histórico quando Frederick Booker Noe  III (conhecido como Fred Noe), bisneto do lendário Jim Beam e 7ª geração  da família à frente da empresa, encheu o barril de número 10 milhões na  história da marca. Foi também neste ano que a marca lançou a primeira  campanha televisa em toda sua história.
-
- -
As preciosidades
A JIM BEAM produz atualmente sete variedades de uísques (Kentucky Bourbon e Rye Whiskey) e derivados:
Jim Beam White label (rótulo branco): envelhecido 4 anos com 40% de graduação alcoólica. Vendido na Austrália com 37.5% de álcool.
Jim Beam White label (rótulo branco com a inscrição “Premium Aged 7 Years Old”): envelhecido  7 anos com 40% de graduação alcoólica. Vendido especialmente no estado  do Kentucky.
Jim Beam Green label (rótulo verde, também conhecido como Jim Beam Choice): envelhecido 5 anos com 40% de graduação alcoólica e destilado pelo método Charcoal.
Jim Beam Black label (rótulo preto): envelhecido 8 anos com 43% de graduação alcoólica.  Recentemente sua garrafa foi completamente redesenhada para se  diferenciar dos outros uísques da marca, adquirindo um formato mais  esquio e sofisiticado.
Jim Beam Yellow label (rótulo bege): envelhecido 4 anos com 40% de graduação alcoólica. É  considerado um Rye Whiskey (com no mínimo 51% de centeio em sua  composição).
Jim Beam Red Stag: lançado  recentemente, em 2009, é um uísque que sofre a infusão de cerejas  pretas, responsável pelo seu sabor adocicado. O nome do novo uísque foi  inspirado nos bandos de veados que vagueiam no estado do Kentucky, em  especial os veados vermelhos (Red Stag).
Jim Beam and Ginger Ale: bebida que contém Bourbon envelhecido 4 anos (com apenas 5% de graduação alcoólica) e Ginger Ale.
Jim Beam and Cola: bebida que contém Bourbon envelhecido 4 anos (com apenas 5% de graduação alcoólica) e refrigerante de cola
-
--
O Bourbon
O  Bourbon representa o puro espírito americano e é produzido somente no  estado do Kentucky. Porque o JIM BEAM é um autêntico Bourbon? Porque  segue, pela lei americana, todas as características para ser considerado  um Bourbon:
● Contém pelo menos 51% de milho em sua composição.
● É destilado pelo menos a 160º.
● É armazenado em barris a 125º.
● É envelhecido por, no mínimo, dois anos em barris novos de carvalho “tostados” por dentro.
● Não é adicionado sabores ou corantes que alterem o Bourbon.
-
-
A destilaria
A  principal destilaria, que também funciona como sede, da JIM BEAM, está  localizada em Clermont, situada aproximadamente 25 milhas ao sul de  Louisville no estado do Kentucky. Na destilaria os caminhões e as  chaminés convivem lado a lado com gramados verdes onde fica a histórica  casa da família Beam, hoje um ponto de visitação. Os visitantes, através  de um tour guiado podem ter acesso ao mais puro espírito nativo  americano através da história e saga da família na destilação do  verdadeiro Kentucky Bourbon.
-
-
Em um galpão (chamado The American Outpost)  especialmente preparado para receber os visitantes, funcionários bem  preparados falam do Bourbon que é feito pela família desde que Jacob  Beam vendeu seu primeiro barril, em 1795. A história também pode ser  conferida através de um maravilhoso filme e uma grande exposição de  artefatos históricos da empresa. O local também possui uma loja que  comercializa além dos tradicionais Bourbons JIM BEAM, uma infinidade de  produtos de merchandising da marca. A casa histórica da família onde  viveram três gerações dos Beam, chamada The T. Jeremiah Beam House,  é um local convidativo para experimentar todos os tipos de Bourbons  produzidos pela destilaria. Tendo sorte o visitante ainda pode  presenciar caminhões da destilaria sendo carregados com barris do mais  puro Bourbon, além de sentir no ar o famoso e inconfundível odor de JIM  BEAM. Na destilaria existem 21 Rockhouses (local onde os barris  descansam por no mínimo 4 anos). A admissão para a visita guiada é  grátis.
-

Caminhão sendo carregado na destilaria

-

Artefatos históricos expostos

-

Fred Noe, sétima geração à frente dos negócios

-

A histórica casa da família Beam

-
O patrocínio esportivo
Desde  o começo da década passada a marca JIM BEAM começou a investir muito no  automobilismo americano. De 2004 a 2009, a marca foi patrocinadora do  talentoso e experiente piloto Roby Gordon (que dirigia o carro número 7  Jim Beam Dodge Charger) na NASCAR, principal categoria americana de  automobilismo. Além disso, a marca patrocinou os pilotos Steven Johnson e  Will Davison na categoria V8 Supercars Championship, e o time turco que  participou no rali Dakar em 2008. Hoje em dia marca patrocina o  programa esportivo ESPN The Next Round.
-
-
Os slogans
Bold Choice. (2010)
Here’s to The Stuff Inside. (2008)
The Stuff Inside Matters Most. (2004)
Real friends. Real Bourbon. (1999)
Today belongs to Jim Beam. (1987)
8 years changes everything. (2010, JIM BEAM BLACK)
It’s time for a better bourbon. (2002, JIM BEAM BLACK)
-
-
Dados corporativos
● Origem:
Estados Unidos
● Fundação:
1795
● Fundador:
Jacob Beam
● Sede mundial:
Clermont, Kentucky
● Proprietário da marca:
Beam Global Spirits & Wine, Inc.
● Capital aberto:
Não
● Presidente & CEO:
Matthew J. Shattock
● Master Distiller:
Frederick Booker Noe III
● Faturamento: US$ 750 milhões (estimado)
● Lucro:
Não divulgado
● Destilarias:
3
● Presença global:
130 países
● Presença no Brasil:
Sim
● Funcionários:
900
● Segmento:
Bebidas alcoólicas
● Principais produtos:
Uísque tipo Bourbon
● Ícones: A destilaria em Clermont

● Slogan:
Bold Choice.
● Website:
www.jimbeam.com
-
A marca no mundo
Disponível  em mais de 130 países em todo o mundo, JIM BEAM não é apenas o Bourbon  mais vendido do mundo - ele é o uísque americano mais vendido na Europa  oriental, o uísque número um de todos os tipos na Alemanha e a bebida  alcoólica destilada número um na Austrália, segundo maior mercado  mundial de Bourbon. Atualmente a empresa possui três destilarias  localizadas nas cidades de Clermont, Boston e Frankfort, todas no estado  do Kentucky. Somente em 2010 a marca vendeu mais de 6.3 milhões de  caixas no mundo inteiro.
-
Você sabia?
No rótulo de JIM BEAM é possível ler a famosa frase “None Genuine Without my Signature” (Não genuíno sem a minha assinatura) seguida da tradicional rubrica de James B. Beam.
O Master Distiller Jerry Dalton (1998-2007) foi o primeiro homem à não  pertencer a família Beam a ocupar esse importante cargo na destilaria.

Fonte: mundo das marcas

 
 

Conheça Também:

Imigrantes Bebidas
Cl do Whiky
Vodkas.com.br
cervejanacionaleimportada.com.br
Adega do Vinho
Alambique da Cachaa
Absintos.com.br
   

 

5589612